Estava assistindo um filme e pude observar que o ator apresentava um problema relativo a minha especialidade.
Fiz a foto montagem pra abordar o assunto…

Observe que na primeira foto, a pálpebra inferior direita está com a margem virada para a direção do olho- isso é o entrópio.
Na outra foto, parece que está normal- configurando um entrópio intermitente .

O tratamento definitivo é por meio de cirurgia somente.

Isso pode causar lesões mais sérias além de desconforto permanente.

Normalmente, as pálpebras superior e inferior se fecham com firmeza, protegendo o olho de qualquer agressão e evitando a evaporação das lágrimas. Se a borda de uma das pálpebras se virar para dentro (entrópio), os cílios roçam no olho, podendo dar origem a uma úlcera e cicatrizes na córnea. Se a borda de uma das pálpebras se virar para fora (ectrópio), as duas pálpebras são incapazes de se fechar corretamente e as lágrimas não se espalham sobre o globo ocular.

Essas doenças são mais comuns nos idosos (geralmente como resultado do aumento do relaxamento dos tecidos, próprio da idade), em pessoas com alterações oculares causadas por infecção, cirurgia ou lesão, e em pessoas que têm blefaroespasmo. Ectrópio também pode ocorrer em pessoas com paralisia de Bell.